Mini Corredor Ecológico Esperança-Conduru

O projeto de conservação florestal dos remanescentes da Mata Atlântica situados entre os municípios de Ilhéus, Uruçuca e Itacaré, ganhou impulso em 1998, com a criação do Parque Estadual Serra do Conduru (PESC), que possui uma área de 9.247 hectares. Já o Parque Municipal da Boa Esperança foi criado em 1927. O projeto "Corredores Ecológicos" está sendo desenvolvido pelo Instituto Floresta Viva e tem por objetivo consagrar o contínuo florestal entre esses dois parques. O projeto, prevê um conjunto de atividades como a capacitação com cursos, workshops, palestras e seminários para promover oportunidades de treinamento e assistência técnica para os proprietários e trabalhadores rurais do entorno. O Corredor Ecológico Esperança Conduru é considerado um hotspot e detém o recorde mundial de espécies lenhosas por hectare, e estudos recentes indicam que se trata do trecho de maior biodiversidade de todo o litoral brasileiro.